Jararaca-da-mata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaJararaca-da-mata
Jararaca - Bothrops jararaca - Sibilando.jpg
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Serpentes
Família: Viperidae
Género: Bothrops
Espécie: B. jararaca
Nome binomial
Bothrops jararaca
(Wied-Neuwied, 1824 )
Jararaca da mata
Área de ocorrência natural da jararaca-da-mata

Jararaca-da-mata (nome científico: Bothrops jararaca) é uma serpente de até 1,6 m, encontrada no Brasil (da Bahia ao Rio Grande do Sul) e em regiões adjacentes no Paraguai e Argentina. Origina -se do tupy yara'raka.

Possui corpo marrom com manchas triangulares escuras, faixa horizontal preta atrás do olho, e região ao redor da boca com escamas de cor ocre uniforme, peculiaridades que propicia uma excelente camuflagem. A espécie é responsável por grande parte dos acidentes ofídicos registrados em sua área de ocorrência. Também é conhecida por jararaca-do-campo, jararaca-do-cerrado, jararaca-dormideira, jararaca-preguiçosa e jararaca-verdadeira.1 Sua cor é marrom com amarelo escuro com rajas pretas. Perigosa, prepara o bote ao ver se aproximar qualquer ser. Vive em ambiente preferencialmente úmidos, como beira de rios e córregos, onde também se encontram ratos e sapos, seus pratos mais caçados. Dorme durante o dia debaixo de folhagens secas e úmidas, e gosta de tomar sol pós chuva.

Agência FAPESP 2– A Organização Mundial da Saúde incluiu recentemente o ofidismo (acidentes provocados por serpentes venenosas) como uma doença tropical negligenciada. No Brasil, as picadas de jararaca (Bothrops jararaca) respondem por cerca de 90% do total de acidentes com humanos envolvendo serpentes. O veneno da jararaca pode provocar lesões no local da picada, tais como hemorragia e necrose que podem levar, em casos mais graves, a amputações dos membros afetados.3

Referênciaseditar | editar código-fonte

  1. https://www.oeco.org.br/blogs/especies-em-risco/27747-uma-verdadeira-jararaca/
  2. https://pt.wikipedia.org/wiki/Funda%C3%A7%C3%A3o_de_Amparo_%C3%A0_Pesquisa_do_Estado_de_S%C3%A3o_Paulo
  3. http://agencia.fapesp.br/veneno-da-jararaca-tem-mecanismo-desvendado/12532/

Ver tambémeditar | editar código-fonte

Ícone de esboço Este artigo sobre cobras, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «https://www.oeco.org.br/blogs/especies-em-risco/27747-uma-verdadeira-jararaca/». www.oeco.org.br. Consultado em 20 de setembro de 2018.  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  2. referência
  3. «Estudo sobre picada da jararaca ajuda a entender mecanismos da hemorragia». AGÊNCIA FAPESP. Consultado em 20 de setembro de 2018.